« EIS-ME AQUI »

Casa Municipal da Cultura - Seia    7 Dez 2018 - 27 Jan 2019

«hinnèni», eis-me aqui, é a primeira palavra, a premissa de toda a oração. "quem pela primeira vez exclamou a primeira oração não a pode ter inventado. só pode ter reagido a um chamamento com resposta, como Abraão com o seu hinnèni. a criatura separa-se do resto da espécie e da criação, exclui-se para estabelecer a relação. a oração acontece sempre numa extremidade do campo"  (Erri de Luca)

gloria

joão queiroz || a.guerra santos
Galeria Diferença - Lisboa        Julho/setembro 2017



«gloria é a comunhão profunda entre todos, em tudo, a beleza espiritual que se revela» 

AS FORMAS DO MISTÉRIO

Exposição individual  - Maio 2017
MU.SA museu das artes, Sintra


GRAFITE

Exposição individual  - Curadoria de Manuel Costa Cabral, Janeiro 2017
Desenhos em grafite sobre papel e tela
Galeria Giefarte - Lisboa

« O mundo visível.

Construí-lo a partir

da luz e das trevas.

Ou destruí-lo na luz e

nas trevas.

É essa a tarefa, pois

o mundo visível,

que consideramos uma unidade, é

construído na sua

forma mais agradável

a partir desses dois

princípios.»


(Goethe, Physikalische

Vortrage, 1806)

SE NÃO PERGUNTAREM EU SEI

Exposição individual - 2015
Desenhos em grafite sobre papel 100x70
Capela Senhora do Monte - Lisboa

CAMPO

Exposição coletiva - 2013

Galeria Manteigaria - Lisboa

ADUA DESENHOS

Exposição Individual - 2012
Avenida 211 - Lisboa




SENSACIONÁRIO
Exposição individual - instalação - 1997

Museu de História Natural - Sala Veado - Lisboa